Colhendo Caqui em Piedade

O interior de São Paulo sempre me surpreende. Até então eu conhecia Piedade só de passagem, mas me convidaram para visitar a festa Colha e Pague do Caqui. Logo no caminho dá para perceber muitos sítios, muitas árvores, o comecinho da Serra de Paranapiacaba.

A festa aconteceu no mês de abril no sítio Sakaguti que tem como origem uma tradicional família japonesa agricultora. Dá para conhecer um pedacinho da história da família ao visitar uma antiga casa com algumas fotos e objetos de época.

Pagando R$ 10 é possível caminhar por toda plantação de caqui, colher e comer à vontade, direto das árvores. A plantação é muito grande e tem variedades como fuyu, rama-forte e coração-de-boi. O meu preferido foi o caqui fuyu com casca mais densa que lembra a textura da maçã.

Além dos caquizeiros há um área cheia de castanheiras com clima muito agradável que me lembrou um ar-condicionado natural dentro de um bosque de fábulas. Para quem quer matar saudade de subir em árvores curtindo a leveza e a força dessas árvores enormes.

O jardim de cosmos é encantador! Perfeito para fotografar, observar ou caminhar com os pés descalços. Aquele lugar que faz você se sentir bem simplesmente por estar presente com a natureza. Observar formigas, joaninhas, borboletas e outros pequenos insetos em pura vivência com a plantação.

A festa lembra uma quermesse onde se troca fichas por comidas, cheia de barraquinhas, eu amo esse clima! São pratos orientais rápidos como obentô, sushi, yakissoba, combinados de peixes, tempurá e o meu preferido, o nikuman, um bolinho-chinês recheado com vegetais. Também tem suco de caqui, sorvete de caqui, pastel de caqui (doce ou salgado), caqui desidratado, geleia de caqui. E claro, muito caqui.

É o tipo de evento que dá para sentir todo o carinho envolvido. Desde o agricultor que cuidou de cada caquizeiro e organizou galho a galho com bambu até os organizadores, monitores e cozinheiros sempre dispostos em suas tarefas.

Anote nos lembretes, não deixe de visitar no próximo ano! Leve um tapetinho para se espreguiçar nas sombras das árvores depois de uma manhã repleta de frutos, flores e comida japonesa.

1 comentário em “Colhendo Caqui em Piedade

%d blogueiros gostam disto: