Como é Cuidar de Galinhas

Há alguns meses comecei a cuidar de galinhas de estimação. É mais fácil cuidar do que muita gente imagina, além de serem extremamente amorosas quando recebem cuidado e carinho.

detalhe na penagem da Margareth

Quando o quintal aumentou decidimos cuidar de galinhas. As primeiras vieram em Julho de 2017 e receberam nomes assim que chegaram: Margot, Margareth, Margarida e Magnólia. Como eu sei quem são? Identifico através das penas. Cada uma tem uma tonalidade específica entre branco e marrom avermelhado.

São poedeiras da raça rhodia. Poedeiras são galinhas que botam ovos diariamente. Cada uma põe um por dia.

Os ovos não precisam ser fertilizados, ou seja, não é preciso de um galo. O galo ajuda na fertilização para que nasçam pintinhos. Isso quer dizer que você pode cuidar de galinhas sem um galo. Isso quer dizer que nem todo ovo é um futuro pintinho. Eu sei que pode parecer óbvio, mas muita gente se espanta quando explico.

Pimentinha (pintinho), Pompeu e Pompeia

Depois de um tempo achamos que um galo poderia ser legal, foi quando chegou o Pompeu, um galo da raça sedosa japonesa. No entanto os ovos continuaram não fertilizados, pois as galinhas ignoraram a presença dele. Simplesmente disseram: Galo? Não precisamos, somos independentes. Então fomos buscar a Pompeia, uma fêmea da raça sedosa japonesa. Já tiveram um pintinho que foi batizado de Pimentinha.

As galinhas são criadas soltas e felizes, mas tem um galinheiro para poleiro, ninho, comida, água, abrigo da noite, chuva e para quando precisamos guardá-las, por exemplo quando cortamos a grama.

O galinheiro foi construído com madeira de demolição, teto com estrutura de antena parabólica e sapé. Demorou, mas ficou charmoso e aconchegante. Pesquisando na internet descobrimos que em outros países é muito comum criar galinhas no quintal utilizando galinheiros móveis. Legal né? Até cogitamos a ideia, mas o galinheiro ficou muito alto e pesado. Ou seja, não é preciso de uma grande chácara ou sítio, dá para cuidar de galinhas no quintal.

Elas são super amigáveis. Gostam ficar no colo, atendem por assobio, adoram petiscar pães e me seguem por onde vou. Também cuido de três gatinhas e sempre me perguntam se as gatas não tentam caçar as galinhas, mas são as galinhas que perseguem as gatas! As gatas respeitam as galinhas, mas não acontece o mesmo com rolinhas e maritacas que vêm nos visitar.

Galinhas despertam várias reações. Dá pra acreditar que existem muitas pessoas que têm medo? Algumas acham só porque você cria galinhas é preciso matar. Para mim nenhum animal é comestível. Na maioria das vezes as pessoas se encantam e descobrem que galinhas podem ser amáveis. Amigas, não comida.

O galinheiro não tem cheiro ruim, está sempre limpo. Elas fazem coco por todo o gramado e jardim, o que acaba ajudando a fertilizar as plantas. A parte não muito legal é que elas também fazem coco na varanda, mas é só limpar constantemente e aprender a relevar.

Entre os cuidados estão a limpeza do galinheiro, trocar a água diariamente, escolher uma ração de boa qualidade, aplicar anti-pulgas, vermífugo, vacinas e, talvez o mais importante, dar carinho.

6 comentários em “Como é Cuidar de Galinhas

  • voltei na minha infância lendo seu post! adoraaaava jogar milho para as galinhas/pintinhos na fazenda da vó <333

    • Patrícia Leardine
      2 meses atrás

      Que legal 😀 É muito bom interagir com elas mesmo! Eu não tive essa experiência na infância, mas estou adorava conviver com elas agora.

  • PARA TUDO! Que você tem uma raça que eu sonho MUITO em ter que é o sedoso japonês <3 SÃO LINDOS DEMAIS! Mas nunca acho por aqui! Suas galinhas são lindas Pri! E realmente são animais muito simples de cuidar e muito amorosos

    • Patrícia Leardine
      2 meses atrás

      Obrigada <3 Em breve teremos mais pintinhos sedosos... Pompeia está toda mamãe agora 🙂

  • Amei! Que lindeza! Infelizmente moro em apto, mas adoraria um espaço e criar galinhas. Sempre tive essa dúvida se para botar ovos é preciso fertilização ou alguma ração especial.
    (p.s. é a primeira vez que comento. cheguei aqui por intermédio de outro blog. bjus)

    • Patrícia Leardine
      2 meses atrás

      Obrigada pela primeira visita 🙂 A ração “para postura” geralmente ajuda a estimular a produção de ovos. Por exemplo, se colocar apenas milho para galinha, ela não vai ter nutrientes suficientes para ela e para os ovos. Eu costumo dar ração como principal, milho como complemento e petiscos de folhas verdes escuras.

%d blogueiros gostam disto: