Uma Nova Estação

Eu gosto de todas as estações, mas percebo que a Primavera me deixa ainda mais disposta. A estação começou agora, mas já quero compartilhar o cotidiano. Vou contar algumas novidades recentes e espero que elas possam inspirar a vida nesta nova estação.

A primavera floresceu até no cabelo. Mudar a aparência é uma celebração de dentro para fora. Aceitar que o próprio corpo está mudando também condiz com querer mudar.

Mil Pétalas

Sempre quis um cabelo colorido e só não tive antes porque outras opiniões prevaleciam. Seja pela minha decisão de manter o loiro. Seja por aceitar das suposições negativas das pessoas. “Você tem que se preocupar” é o que dizem silenciosamente. Não, não tenho que preocupar.

Mil Pétalas

Gosto demais de plantar, mas nunca plantei tanto como agora. Até uma horta apareceu. Ela não é planejada, é só um pedacinho de terra para divertir. Mas em breve quero uma horta mais planejada. Já colhi alface, a rúcula está cheia de flores, o milho de grãos coloridos está crescendo e outras mudinhas aguardam.

Sempre ouço as pessoas dizendo que não plantam porque não levam jeito. Assim como tudo na vida a gente aprende. O dedo verde é a vontade. O restante vem com o tempo, pesquisa, conselhos, erros e acertos.

Comecei a cuidar de galinhas. Todas têm nomes e são de estimação. Logo vou apresentá-las aqui no blog.

Mil Pétalas

Apesar do galinheiro, elas passam a maior parte do tempo soltas, ciscando e procurando por insetos.  Isso quer dizer que elas reviram muita terra! Se a planta for muito frágil ou suculenta para elas, já era. Não quero deixá-las presas, nem me frustrar quando as plantas são arrancadas. Para conviver bem é preciso entender os sinais dos animais, assim posso descobrir quais plantas vão se adaptar melhor.

Mil Pétalas

Para conviver bem com as pessoas é possível se inspirar na delicadeza das flores. Mas elas também são, essencialmente, plantas resistentes. Não permitir que as pessoas removam a delicadeza da minha paciência (sem deixar minha resistência) é o que preciso no momento.

Mil Pétalas

A minha dica para aproveitar a estação é descobrir quais flores estão nascendo em você. Quais pensamentos, sensações, sentimentos e vontades você está vivendo nesse momento. Metaforicamente, se ainda há muito para cultivar, inspire-se descobrindo o que floresceu em você.

14 comentários em “Uma Nova Estação

  • Meu Deus, agora você tem cara de fadinha fofa, com esse cabelo rosa 🙂
    Bjs

  • Patrícia Leardine
    7 meses atrás

    Obrigada Stéfhanie!

  • Se eu já era apaixonada por seus cachinhos, imagine agora?
    Ler seus textos sempre me trazem uma sensação muito boa.

    Um beijo <3

  • Pati, toda vez que entro aqui no seu blog eu sinto uma paz! Acho isso sensacional, você conseguir transmitir isso pra gente aqui do outro lado da telinha do computador!
    Uma coisa que me bateu uma saudade imensa do meu pai, é que ele também cuidava de galinhas, mas apenas para cuidar mesmo, de estimação. Era muito divertido, tanto pra ele quanto pra gente que ajudava a cuidar delas!
    Adorei as imagens!

    Beijão, mariasabetudo

  • Eu sou doida pra conhecer algum país como a Inglaterra, onde as estações são realmente bem definidas. Deve ser incrível poder notar o inverno, outono, verão e primavera com as características de cada um *_* Como aqui é mais tropical, as estações que mais vemos por aqui são o verão e o inverno…
    O bom de novos ciclos é a energia recarregada pra gente investir nos nossos sonhos e projetos. <3

    http://www.meujardiminterior.com

    • Patrícia Leardine
      7 meses atrás

      Eu também sou doida para conhecer as estações bem definidas assim. Tenho muita vontade de ir pro Japão, mas ficaria na dúvida pra escolher a época. Primavera talvez. Que venham boas energias nesta nova estação!

  • Quantas fotos lindas, sou apaixonada pela natureza, suas fotos causam uma sensação incrível. Eu amei seu cabelo! Hahahah ❤

    http://www.kailagarcia.com

  • Oi, Pati!
    O seu blog sempre me traz uma sensação de paz.
    Primeiro: eu AMEI o seu cabelo! Quando eu era mais nova, me aventurava com as tintas e cores. Já fui super loira, já tive cabelo preto, já tive metade rosa, e meio avermelhado. Hoje em dia, só me arrisco nas mechinhas. E não nego: um dos grandes motivos é aquele “o que os outros vão pensar”. 🙁
    Sabe que a primavera chegou, pra mim, com uma sensação de: posso viver com menos. Menos tralha dentro de casa, menos coisas guardadas, menos roupas, menos preocupação. Estou pensando em me desfazer de várias coisas – até livros – pois chegou um momento em que eu percebi que só vim acumulando de tudo. O meu sentimento é de que tenho que me livrar de algumas coisas pra poder renovar a energia. Veremos o que essa estação reserva! 🙂
    Beijinhos.

  • gente, que emocionante! 😀 SEU CABELO TÁ DIVO! eu amo esse tom de rosa, é tão fadinha <3
    super ornou com a estação. Amei!

    e que delícia criar galinhas. minha avó criava elas, eu adorava brincar quando criança!
    saudades de vir aqui!
    http://caoscriativo.com/

    • Patrícia Leardine
      8 meses atrás

      Obrigada Jess! Galinha é tudo de bom, estou aprendendo um monte com aquelas danadinhas! 😀

  • “Mudar a aparência é uma celebração de dentro para fora.”, quanta delicadeza, uma frase lindíssima pra levar pra vida, obrigada por ela <3. Amei saber das galinhas!! Eu as acho bichinhos adoráveis. Um bjo e boa primavera, Pati! <3
    http://www.vivendovivi.com

%d blogueiros gostam disto: