Novas Flores Cotidianas

Digamos que o quintal aumentou de tamanho. Com a expansão surgem novas responsabilidades, muito trabalho e um punhado de alegrias cotidianas. Vou contar minhas novas experiências (ou sobre como elas começaram) através das pétalas. Porque sempre que observo a natureza consigo enxergar melhor a mim mesma.

Todas essas novas flores que encontrei estavam doentes ou abandonadas. É incrível como alguns cuidados e um pouquinho de paciência realmente podem mudar o ritmo da vida.

A flor do pessegueiro (acima) me lembra muito a sakura. Essa árvore perdeu todas as folhas, sofreu com pulgões e, depois de alguns cuidados, floresceu. Um dia fui regá-la e, distraída, trombei num galho. Lá estavam as flores…

Mil Petalas

O ipê rosa floriu como conseguiu. A árvore tinha marcas de cortes no tronco. Em algum momento alguém tentou matá-la aos poucos. Triste. Ela não floresceu como as suas irmãs que estão espalhadas em praças, chácaras e fazendas pelo Brasil. Mas ainda acredito nela.

Mil Petalas

O jasmim azul misteriosamente agarrado ao pé de limão. Os delicados galhos que sustentam as flores se mesclam aos duros espinhos do limoeiro. Presenteiam com a beleza aleatória e, aparentemente sem sentido, que uniu os dois.

Mil Petalas

A caliandra vermelha está sempre florida. Debruçada sobre o telhado, nasce e morre todos os dias. Aos seus pés, novos galhos crescem ao lado das flores caídas. Não tem medo de se renovar. É aconchego para orquídeas que, tímidas, só florescerão de novo no ano que vem.

Mil Petalas

E essa sou eu. Meio flor meio gente meio animal. Tentando pintar um muro de verde com unha-de-gato. Depois eu descobri que vai demorar um bocado para crescer, mas tudo bem, esperar faz parte de plantar.

Unhas com terra, botas molhadas, roupas sujas e trabalhos que não tem fim se tornaram parte do meu cotidiano. E independente do quanto isso custa ou cansa, nada se compara ao florescimento das plantas que, assim como a gente, transformam-se.

3 comentários em “Novas Flores Cotidianas

  • Que post lindo, Patrícia. Não tive como não sorrir ao ler e observar cada uma das fotos. A natureza é incrível, né? Eu fico encantada. Minha família mora no interior do RS e lá acaba sendo meu refúgio em todos os sentidos. Minha mãe adora plantas e passa grande parte do tempo cuidando delas também. (Inclusive, ela está louca para se aposentar, no ano que vem, para ter mais tempo para isso, hehe.)
    E eu vou fazendo o que posso no meu cantinho. Mas confesso que estou um pouco relapsa – vou resolver a questão amanhã mesmo. O verde e o colorido delas nos dá outro ânimo, não acha?
    Beijos

    • Patrícia Leardine
      9 meses atrás

      Verde e natureza é tudo de bom 😀 O Rio Grande do Sul está na minha lista de próximas viagens. Tenho muita vontade de ir de carro até lá! Um dia ainda vou!

  • Ahnn que bacana! Adorei a forma como escreveu <3.

    Beijos
    http://orangelily.com.br

%d blogueiros gostam disto: